KM 3000 – O decepcionante apagão elétrico do 320

O primeiro grande susto com o Lifan 320

O MEDO ELÉTRICO

Sensação de pânico e medo no meio da estrada e ainda por cima sózinho, assim me senti na manhã de ontem (02/03/2011) no meu costumeiro trajeto Guarujá/Cubatão, onde percorro cerca de 80 km por dia entre ida e volta do meu trabalho.

No meio do caminho, precisamente ao freiar para passar por um radar de 60 km que há no meio da estrada após uma curva perigosa da Rodovia Piaçaguera, o Lifan 320 simplesmente apagou!

Momentos antes de faltar energia na casa de qualquer pessoa, sempre sentimos a luz dar uma leve piscada, as vezes não tão leve assim, pois foi bem assim que ocorreu ontem comigo, porém dentro de um carro a 60 km/h. Todas as luzes de todos os compartimentos do carro piscaram rapidamente umas 4 vezes e depois disso o carro apagou a zero no meio da pista.

Como a estrada estava quase vazia, mantive a calma, fui freiando e levando o carro para o acostamento bem devagar, para que a direção não travasse com o carro atravessado no meio da estrada.

Primeira reação foi abrir o capô e dar uma olhada geral, vi se algum cabo da bateria tinha se soltado, mas aparentemente estava tudo normal.

Voltei ao carro e resolvi dar a partida, porém o Lifan não esboçou nenhuma reação ao girar a chave, foi quando resolvi (não sei porque) acionar o alarme, na terceira tentativa o carro respondeu, depois disso dei a partida e o carro voltou a funcionar normalmente, então desistir de chamar o guincho e fui trabalhar normalmente.

Poderia ser um caso isolado, até que…….. quando eu fui embora do trabalho por volta das 19h, o carro não quis ligar(!), resolvi fazer o truque do alarme novamente e o bendito ligou normal. Isto voltou a ocorrer pela 3ª vez ao chegar no guarujá, parei no estacionamento de um supermercado e pimba! apagão denovo.

Desde este acontecimento, o som do carro anda dando umas piscadas e do nada ele apaga por alguns segundo e volta com a cofiguração zerada, sem hora e sem programação das sintonias.

Liguei na concessionária, porém só poderei levar o carro lá após o carnaval (alguém tinha duvidas disto?…rs)

UMA DECEPÇÃO ANUNCIADA

A principio vou deixar o carro na caragem estes dias de folia, para não ficar na mão justamente na época do ano em que o serviço de guincho e seguro simplesmente não dão conta da demanda.

Mas agora me pergunto, será que este carro é realmente confiável? São apenas 3.000 km rodados e eu ja fui na concessionária 2 vezes mais uma por motivo de revisão, com esta será a quarta vez.

Quando resolvi apostar numa promessa asiatica de carro bom e “pagável”, com certeza não esperava nenhuma perfeição em acabamento e qualidade de certos equipamentos, porém em relação a motor, elétrica e principalmente a parte da segurança, acreditava comprar um carro pelo menos um pouco superior aos nosso nacionais basicos, porém hoje eu duvido disto.

Sinceramente, este é o meu post mais decepcionante com o carro, pois passei por um sufoco totalmente sem motivo, e já nao consigo confiar no carro como antes, com certeza serei mais prudente ao acelerar ou usar o carro diariamente, qualquer plano de viagem com o carro está abortado.

Será que isto poderia ter sido evitado, principalmente por fazer apenas uma semana que o carro saiu da revisão? Acredito que sim.

Para os lifanaticos que acompanham o blog, se acontecer algo parecido com vocês não esqueçam de compartilhar, e principalmente calma para sair da situação com segurança.

Obrigado pelas visitas de todos!!!!

Anúncios